A Associação

Objectivo

O nosso objetivo é despertar mães a nível nacional para orarem por seus filhos; por uma juventude comprometida com Deus, que seja usada para transformar esta nação.
Por isso cada Débora ora:
- Para que seus filhos tenham um relacionamento pessoal com Deus;
- Para que os filhos que deixaram de andar com Deus sejam restaurados na sua caminhada com Deus;
- Para que uma Geração Comprometida e consagrada ao serviço de Deus se torne uma realidade;
- Para que os jovens cristãos mantenham as suas convicções nas escolas e Faculdades.
Ninguém ora por um filho como uma mãe, imagine milhares orando juntas!

Como ser Débora

Se deseja assumir o compromisso diário de oração, ser intercessora e juntar-se a outras mães intercessoras, poderá contactar a liderança da Igreja para promover a visita de membros do Desperta Débora a fim de apresentar o ministério à Igreja e desafiar as mães a serem Déboras e os pais a serem Baraques, isto é, mães e pais de oração. Caso venha a surgir um Grupo de Déboras e Baraques, deve a liderança indicar uma Coordenadora de Igreja, que será o elo entre o Grupo de Déboras, a liderança e o Desperta Débora. Com a concordância da liderança devem os interessados preencher a Ficha de Compromisso, que devidamente preenchida, deve ser entregue à Coordenadora de Igreja para que sejam enviadas à Direção Nacional.
Ao fazê-lo integrará a família Desperta Débora e, através e-mail, poderá partilhar os seus motivos de oração e orar também por outras Déboras e seus filhos! Se não tiver endereço de e-mail, a responsabilidade de partilhar essa informação caberá à Coordenadora de Igreja.

COMO SURGIU EM PORTUGAL

Em Dezembro de 2003, num Congresso promovido pelos responsáveis do SEREL – Serviço para a Evangelização – o orador foi o Pastor Marcelo Gualberto, Presidente da MPC e Coordenador Nacional do Projecto Desperta Débora no Brasil. A certa altura o orador referiu o Desperta Débora e apontou alguns materiais, que trouxera para divulgação se a oportunidade surgisse. Deus criou a oportunidade pois a Helena Pais Martins sentiu curiosidade em ver os materiais. Entre eles estava uma agenda que foi o instrumento que Deus usou para a despertar, porque referia os alvos de oração do Desperta Débora e incluía motivos de oração pelos filhos para cada dia do mês, aspetos que ela não incluía nas suas orações por seus filhos! Com ela mais três irmãs assumiram o compromisso de oração por seus filhos: queriam ser Déboras! Longe estavam de imaginar o que Deus tinha em mente: o Desperta Débora em Portugal! Hoje o Desperta Débora é de facto um movimento Nacional. De Viana do Castelo a Faro existem grupos de Déboras, e tudo isto é obra do Senhor!

Mães de joelhos, filhos de pé!